pão caseiro

Novembro 30, 2008

Está-se bem

Filed under: pão caseiro — joão @ 16:49

Onde se está! 🙂

Novembro 26, 2008

Entardecer

Filed under: pão caseiro — joão @ 16:04

À tarde mata-se o cio, à noite vem o arrepio!

O que é que acham?

Filed under: paposecos — joão @ 15:58

Virilha: 5€
Virilha completa XL: 13€
Nádegas: 5€

Não me parece mal.

Boa tarde!

Filed under: pão caseiro — joão @ 12:55

Manhãs de fastio, à tarde com cio!

ou

Tardes de fastio, na eira com cio!

Bom dia

Filed under: pão caseiro — joão @ 08:06

Em Novembro sol e frio
Nas ruas o mulherio!

Novembro 25, 2008

Há dias

Filed under: pão caseiro — joão @ 21:10

Que valem a pena ser vividos.
Há dias assim.

fónix

Filed under: pão de forma — joão @ 09:48

… que isto hoje começou cedo e logo com o turbo ligado!

(pausa para café, porque também tenho direito)

Como se de repente

Filed under: pão caseiro — joão @ 00:08

fernluisa13

Tivesse chegado a Primavera
(…)
E deixássemos de fugir de nós!

Novembro 24, 2008

Hoje

Filed under: pão de forma — joão @ 11:51

É caso para dizer que não se pode andar com ele de fora!

Novembro 23, 2008

Obrigado

Filed under: pão caseiro — joão @ 21:04

… pelo café!
Para a próxima experimento o chá!

Carregar baterias

Filed under: pão caseiro — joão @ 20:22

É assim que se diz, não é?
Abençoado fim de semana!

Novembro 22, 2008

Sol

Filed under: pão de forma — joão @ 13:00

Luz.
Acção.
E é hoje que vou fazer experiências com a lata de atum.
Logo se verá…….. se houver alguma coisa para ver.

Novembro 21, 2008

Constatou-se

Filed under: paposecos — joão @ 11:02

que em 2009 a 5ª feira de Ascenção recai a uma 5ª feira.
Nada mau!

(já agora: a 21 de Maio)

Detesto

Filed under: pão caseiro — joão @ 00:15

Ler instruções.
Mas como o aparelho suporta duas “pilas”, a coisa tem que ser bem estudada.
A sorte é que há quem tenha sempre um creme à mão. Para as mãos.
(não resisti à gargalhada)

Novembro 20, 2008

É assim

Filed under: pão caseiro — joão @ 18:28

… que se está bem!
Ah, e não gosto que me metam o dedo no umbigo (falta-me o ar) nem que me inundem as orelhas de saliva (brrrrr)!
Coisas físicas, minhas!

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.